Foto da capa

Foto da capa

- Big Band do Conservatório de Tatuí recebe Vittor Santos

20090623 O compositor e arranjador Vittor Santos apresenta-se frente à Big Band do Conservatório de Tatuí – grupo vinculado ao Governo do Estado de São Paulo e à Secretaria de Estado da Cultura - na próxima sexta-feira, 26, às 20h30, no teatro “Procópio Ferreira” em Tatuí. Esta será sua terceira participação ao lado do grupo artístico-pedagógico do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí.

Os espectadores mais acostumados ao estilo de um dos mais requisitados músicos da atualidade já esperam um repertório especialíssimo. De Vittor Santos serão apresentadas “Impressões”, “Vitória”, “Resposta” e “Valsa dos Amigos”. Santos também assina os arranjos das outras quatro obras que integram o programa: “Stella by Starligth”, de Victor Young; “Pé Quente”, de Marcelo Martins; “Zabumbeiro”, de Henrique Band; e “Coisa nº 10”, de Moacir Santos.

Santos convive com música desde a infância e iniciou carreira profissional aos 14 anos, como integrante de um quinteto que tocava para dançar nas noites petropolitanas, adotando o trombone como primeiro instrumento. Aos 16, começou a trabalhar em shows e gravações para diversos cantores e em 1985 montou a “Orquestra de Vittor Santos”, com a qual participou do filme “Banana Split” e da minissérie “Anos Rebeldes”.

Em 1999 participou do Free Jazz Festival, dirigindo a “Vittor Santos Orquestra”. Em 1994 lançou “Trombone”, primeiro disco individual pela “Leblon Records”. Em 2006, o CD “Renovando as Considerações”, e “Brasilianos” no Brasil e, nos Estados Unidos, com o título “Renewed Impressions”. Em 2001 estreou sua primeira obra sinfônica “Divagações sobre os quatro elementos”. Em 2004, a Orquestra Sinfônica da Petrobrás - Pró-Música, estreou sua 12ª obra sinfônica “Divagações nº 12 - concerto para clarineta Bb e orquestra”. Em 2006, o saxofonista californiano Harvey Wainapel e a “Kluver’s Big Band” executaram ao vivo, na Dinamarca, alguns de seus arranjos, em quatro concertos focados na música brasileira.

Paralelo a sua carreira individual, Vittor Santos dedica sua vida profissional ao enriquecimento do trabalho de diversos artistas. Foi convidado, com frequência, a participar de diversos “Songbooks” de Almir Chediack. Gravou ou atuou em shows como instrumentista ou arranjador com Chico Buarque de Hollanda, Caetano Veloso, Leny Andrade, Gal Costa, Moraes Moreira, Miltinho, Elza Soares, Ivan Lins, Francis Hime, Leila Pinheiro, Fátima Guedes, Antônio Adolfo, Ed Motta, Maria Schneider, Hamilton de Holanda e muitos outros. Atua como instrumentista nos projetos “Ouro Negro” e “Choros e Alegria”, que homenageia o compositor-maestro Moacir Santos. Participou de algumas das últimas gravações de Tom Jobim.

Big Band do Conservatório de Tatuí & Vittor Santos

Sexta-feira, 26, 20h30

Teatro Procópio Ferreira

Rua São Bento, 415 – Centro – Tatuí-SP

Ingressos: R$ 10 (R$ 5 idosos, estudantes e aposentados)

Informações: (15) 32514573 – www.conservatoriodetatui.org.br

Fonte:  Deise Juliana – (15) 32514573 – rm 220 / (15) 96131922

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens em Destaque

Amilton Passos em Contos, Crônicas e Poesias

Amilton Passos em Contos, Crônicas e Poesias