Foto da capa

Foto da capa

- A Alma da Tropa (L'âme de la Troupe)

     Capa - AADT Caros Amigos e Amigas.
     Como fonte de pesquisa ou apenas conhecimento, a obra "A Alma da Tropa: Bandas de Música do Exército Brasileiro, da origem aos dias atuais", apresenta um registro histórico sobre a origem, as diversas formações e os múltiplos empregos das bandas de música do Exército Brasileiro, como um dos principais elementos da comunicação social entre as Forças Armadas e a população civil.
     Dividida em três capítulos, aborda a História da Música Universal, a Origem e a Evolução das Bandas de Música Militares e, as Bandas de Música do Exército Brasileiro.
São mais de 300 páginas de história, entre texto e um álbum com mais de 200 imagens que ilustram esta viagem ao passado.
     Assim, convido o leitor a descobrir a verdadeira importância cultural de uma banda de música militar, muito mais do que fardada e alinhada, a verdadeira "A Alma da Tropa".
     Editada, impressa e lançada pela Divine Édition e Yvelinédition no Salão de Livro de Paris 2012, a obra será comercializada no Brasil diretamente com o seu autor.
     Aos que desejarem maiores informações, entrem em contato pelo email: amiltonpassos@gmail.com

5 comentários:

  1. A Alma da Tropa, escrita pelo amigo querido Amilton Passos.
    Encontra-se aí o retrato de um escritor determinado,estudioso, consciente da associação história/música, que veio a singularizá-lo como grande conhecedor das Bandas de Música do Exército Brasileiro, da origem aos dias atuais.
    Li, encantei-me com os relatos, fotos, documentários.
    Eu os convido a comprar A Alma da Tropa e senti a emoção que me foi transmitida pela obra.
    Nela, O Sub Tenente Passos relata as origens, a importância e a formação das Bandas de Música do Exército Brasileiro.
    Vale a pena adquirir. Abraços,
    Marilia Abduani

    ResponderExcluir
  2. "A Alma da Tropa" é o resultado de uma trabalho minucioso e abnegado. É uma viagem pelo mundo da música e das bandas de música.
    Li boa parte e estou lendo o restante aos poucos.
    É como um bom prato: Começamos devorando, e ao percebermos o quanto a "comida" é gostosa, diminuímos o ímpeto, a fim de saborear cada "garfada".
    Vale a pena conhecer e viajar no tempo ao som imaginário de "A Alma da Tropa".
    Cada página é uma nota musical; a soma delas, uma melodia memorável.
    Parabéns pela composição, amigo!

    ResponderExcluir
  3. Mano Passos...

    Não consegui ir adiante na leitura de "Alma da Tropa", pois, ao segurar esta obra, fui tomado de forte emoção pela alegria de ver ali, naquele livro, um trabalho de um amigo a quem tenho um carinho especial...por ver a concretização de um sonho. Novamente, meus olhos se embargaram por lágrimas que teimavam em se conter, simplesmente pela mais pura manifestação de agradecimento e reconhecimento a sua amada família...mostrou o amor e o respeito que você nutre por eles. Mais a frente, ainda não refeito da primeira emoção, agora acompanhado de nostalgia, nas linhas de um irmão que aprendi a gostar e respeitar, os mais sinceros sentimentos por nossa arte...palavras do nosso irmão Ândrei Clauhs. Finalmente, o reconhecimento aos seus antigos chefes e companheiros, principamente a lembrança do "tio Adão" (nome dado, por merecimento, a sala de ensaio da Banda de Música da 3 DE, onde tive o privilégio de passar).
    Todas estas lembranças, agradecimentos e reconhecimentos jogaram-me ao passado e mostraram-me que compartilho com seus sentimentos e mais, sinto-me como co-autor desta importante obra. Infelizmente, poucos companheiros tem noção de como são importantes neste contexto e ainda mais importantes para levarem adiante o legado daqueles que nos antecederam.
    Sinto que não foi em vão tudo o que realizei e realizo às Bandas de Música... sou um pequeno grão de areia neste mar de artistas, mas tenho certeza que estou colaborando com "um tijolinho" na consrução desta arte...se pudesse, faria tudo de novo (desta vez, certo).
    Um grande e fraterno abraço...que o grande arquiteto do universo continue te abençoando e te dando luz...



    PS: O Sub Ten ANICETO, deixou três filhos: S Ten Aniceto - primeiro trombone (e que trombone) de vara que vi e colega de Banda em Cruz Alta (na reserva - mora em Pelotas-RS), 1 Sgt Valdomiro - Trompete - meu colega de bancada na Banda em Cruz Alta (na reserva - mora no RJ) e S Ten Aniceto Trompete - o conheci como monitor na estágio para mestre de música na EsIE (na ativa - 14 BI).

    ResponderExcluir
  4. Prezado Ir. PASSOS !

    Parabéns, Parabéns pela Edição e Publicação do Livro "A ALMA DA TROPA " !
    Realmente uma belíssima Obra de pesquisa, que trouxe a nos a verdadeira história das Bandas de Música e das Fanfarras espalhadas pelo Imenso Território Brasileiro, onde o nosso Glorioso Exército Brasileiro se encontra. É uma obra que marcará para sempre o seu trabalho de Escritor e Historiador. Certamente seus familiares estão deslumbrados com o feito juntamente com seus colaboradores.
    Agradecemos o recebimento do Livro bem com a dedicação e assinatura do Autor
    Fraternalmente, Floriano R. Moreira

    ResponderExcluir
  5. Tomei conhecimento da obra através de um amigo e o livro remonta a história de vida do meu saudoso Pai 1º Tenente Vicente de Paula Toledo que era músico e os irmãos 1º Tenente Luiz Toledo e o Major Pedro Toledo in memorian e gostaria de comprar a linda obra . Gostaria de registrar que o Primo - Irmão do meu Pai o Grande Nelson Leonardo grande trombonista do antigo 18º RI é pai do Capitão do José Leonardo grande mestre e também o Clarinetista Ênio Toledo filho de Luiz Toledo e o meu sobrinho neto 1º Sargento Leandro Freitas que está em Vitória Trompetista e hoje cantor. Onde compro o livro ?????? O livro estimulou memórias afetivas e boas lembranças. Sem falar no Tio Mário Nascimento e Tio Ney da banda da FAB. Não poderia deixar de lembrar o meu saudoso João Toledo que tocava contrabaixo acústico. Ubirajara Carvalho Toledo - (51) 997220701

    ResponderExcluir