Foto da capa

Foto da capa

- 1º Lançamento dos livros da BIBLIEx/2015

1º Lançamento dos livros da BIBLIEx/2015

DATA: 30 de ABRIL de 2015   -   HORA: 11h

LOCAL: Espaço Cultural Laguna – Maracanã – Rio de Janeiro

Venha participar!

Convite-BIBLIEx---Lancamento-de-Livros---30abr15

- O Amor - Cid Moreira


O AMOR

Se eu tivesse o dom de falar em outras 
línguas,
Sem tê-las aprendido,
E se pudesse falar em qualquer idioma
Que há na terra e até no céu,
Mas, não tivesse amor, as minhas palavras
Seriam como o barulho de um gongo
Ou o som de um sino.

Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus,
Ter todo o conhecimento,
Entender todos os segredos e ter tanta fé,
Ao ponto de tirar as montanhas de seus lugares,
Mas, se não tivesse amor, eu não seria nada.

Se eu desse aos pobres tudo o que tenho
E até entregasse o meu corpo para ser queimado,
Mas, não tivesse amor, isso não teria valor algum.

O amor é muito paciente e bondoso
O amor não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso
Não é arrogante, nem egoísta
Não se irrita, nem fica magoado

O amor não se alegra com a injustiça
Mas fica feliz com a verdade
Ele nunca desanima e suporta tudo
Com fé, esperança e paciência
O AMOR É ETERNO.

Há mensagens espirituais, mas durarão pouco
Existem dons de falar em línguas estranhas,
Mas acabarão logo
Há conhecimento, mas terminará também
Pois os nossos dons de conhecimento
E as nossas mensagens espirituais
Existem somente em parte.
Mas, quando vier o que é perfeito,
Então o que existe em parte será extinto

Quando eu era menino, a minha maneira de falar,
De sentir e de pensar, era de menino
Agora que já sou homem,
Não tenho mais essas coisas de menino.
O que agora só podemos ver e compreender
Um pouquinho de Deus
Como se estivéssemos observando seu reflexo
Num espelho muito ruim
Mas chegará o dia
Quando o veremos integralmente face a face.

Tudo o quanto sei agora é obscuro e confuso
Mas depois verei tudo com clareza
Tão claramente
Como Deus esta vendo agora mesmo,
O interior do meu coração
Agora pois permanecem três coisas:
A fé, a esperança e o amor
Porém a maior delas é o amor!



- Palestra “Chiquinha Gonzaga” na ADABL

Aos amigos(as) das artes e da cultura! Estarei palestrando com o tema “Chiquinha Gonzaga”, na Associação dos Diplomados da Academia Brasileira de Letras (ADABL). A palestra é gratuita e acontecerá no auditório da FALARJ (Federação das Academias de Letras e Artes do Rio de Janeiro) no dia 29 de Abril de 2015 às 15h. Até lá!

convige

- Não digas somente que Jesus é o Senhor

Não digas somente que Jesus é o Senhor. Aprendamos a obedecer-lhe na conjugação do verbo servir.

Não proclames apenas que o Senhor é o nosso Mestre. Enverguemos por dentro a túnica do discípulo fiel, a fim de segui-lo com humildade.

Não te limites a pregar que o Mestre é o nosso Salvador. Procuremos retribuir, de alguma sorte, o sacrifício com que nos redimiu, transformando a nossa vida em fraternidade e abnegação.

Não digas somente que o Evangelho é o sol do caminho. Busquemos orientar os próprios passos à sua claridade santificante, para que não venhamos a descer novamente ao fundo precipício de nossos erros.

Não te circunscrevas a ensinar. Façamos o melhor, ao nosso alcance.

Não te reduzas a simples veículo das águas vivas da verdade. Sejamos o reservatório de compreensão e de amor, aptos a estender os dons do Divino Amigo onde estivermos.

Não afirmes apenas que a bondade deve reger a vida. Sejamos bons, no círculo de experiência a que o presente nos convocou.

Não basta que a lâmpada esteja limpa e bem provida, nem basta que a reserva de combustível seja farta... É indispensável fazer luz e seguir para a frente, ajudando aos outros no serviço a nós mesmos.

Jesus não se restringiu aos primores interpretativos da Boa Nova, nem se confinou à excelência verbalista da Lei. Estendeu a própria alma ao encontro da necessidade humana e fez brilhar a misericórdia divina.

Não nos detenhamos nas belas palavras. Façamos da vida o livro áureo do trabalho cristão. Doemos nossos próprios recursos à exaltação do bem de todos, sob a inspiração do Mestre que procuramos.

Somente assim será possível erguer o facho vivo de nossa fé, acima do velador de nossas próprias conveniências, atendendo aos padrões do Cristo, na conquista de nossa própria felicidade.

Livro: Correio Fraterno – Emmanuel – Chico Xavier

- I Recital Poético - Grupo Amador de Arte Os Angüeras - São Borja/RS


- Texto: Apparício Silva Rillo
- Piano: Sibele Kucera Chaves
- Poesia: Eduardo Trindade Bicca
- Produção VT: Claudio Gottfried
- Grupo Amador de Arte Os Angüeras-São Borja-RS

- Tesouro imperecível


Não se orgulhe pensando “eu tenho isso”. 
Ou “tal coisa é minha propriedade”. 
Nada pertence a você. Nem mesmo o corpo.
Você parte e deixa tudo para trás. 
Há porém, um mundo de coisas que lhe pertencem. 
As boas obras que você faz constituem sua propriedade exclusiva. 
Um gesto de carinho, uma palavra consoladora, um olhar que acalma, a indicação do caminho certo, um socorro monetário. 
São o seu tesouro imperecível. 
O que sai amorosamente de você pertence-lhe eternamente. 
Esta é a lei.
Guardai os vossos tesouros nos céus... Disse Jesus.

 Autor: Lourival Lopes

- Antologia Del’Secchi vol. XXV Antologia Literária Internacional

 ANTOLOGIA DEL’SECCHI  Vol. XXV / ANTOLOGIA LITERÁRIA INTERNACIONAL

Estimados amigos Escritores.
Estamos dando início à realização de mais uma edição de Antologia Literária Internacional Del’Secchi, onde já, 1600 poetas e escritores divulgaram suas obras e receberam seus exemplares de participação.  E, neste ano de 2015, a edição é comemorativa de 20 anos de trabalhos literários e o participante é divulgado em cinco mil exemplares com distribuição em vários estados do Brasil e exterior. E convido a marcar sua presença em nosso volume XXV. 
Já contamos com vários participantes, mas sua presença será o nosso sucesso.
Esta é a forma de intercâmbio Cultural que encontramos para divulgar o autor e suas obras.
O tema é livre, podendo participar com crônicas, contos, prosa, versos, sonetos...Ocupe quantas páginas desejar.  
Cada página cabe um texto até 30 linhas, envie também 30 palavras contendo informação curricular, bem como seu endereço.
O valor de cada página tem o custo de R$140,00, que pode ser depositado em conta poupança, do banco Bradesco 5918-8 agência 1632-2 e envie o comprovante via e-mail.
O participante receberá de retorno 05 exemplares de Antologia, por página de participação.
As participações podem ser enviadas até 30 de abril de 2015.
A edição será comemorada com uma linda festa de lançamento no mês de setembro de 2015, na cidade de Vassouras, quando chega a primavera. E contamos a presença de todos.
Aguardando seu contato, enviamos fraternas e cordiais saudações.

Lídia Perrout Del’Secchi e Roberto de Castro Del'Secchi
END: Rua Professora Nina Berger Gonçalves, 180 – Bairro Mancusi.
Vassouras – Estado do Rio de Janeiro- Brasil - CEP. 27700-000
Tel: (24) 2471-1952   Whats App  (24) 993959635
E-mail: antologiadelsecchi@oi.com.br http://delsecchiantologia.blogspot.com/
http://robertodelsecchi.blogspot.com 


- Adrian Martin Vega - Cantando "Que bonito" de Rosario Flores

        O joven Adrian Martin Vega é uma dessas crianças que surgem com suas histórias e nos provocam emoções, num momento em que o mundo ao nosso redor nos apresenta sempre má notícias. Este menino de oito anos nasceu com hidrocefalia e má formação congênita nas mãos, passando por diversos tratamentos e cirurgias. Apesar de sua história difícil, Adrian não perde o sorriso e entusiasmo pela vida e, muito menos, a sua paixão pela música.
        De acordo com sua mãe, Adrian canta desde pequeno e lembra quando cantava no carrinho na rua e hoje canta com sua "caixa" e "teclado de madeira".
        Até recentemente, Adrian que cantava e encantava em casa com a família surpreende seus próprios pais com espanto constante do impacto que teve o vídeo com sua irmã Sonia cantando a música "Que bonito de Rosario Flores".
Ele foi finalista na competição "Mamãe quero ser um artista", organizado por um shopping center próximo ao Vélez-Málaga. 
        Vale apenas assistir, emocionar-se e acreditar na beleza de uma crianças e o seu poder de encantamento. 
        Se você é pai, mãe, parente de um jovem talentos, abrace a ideia e cante junto com ele.


Tradução: Que Bonito (Rosário Flores)

Que bonito quando te vejo, ai que bonito quando te sinto,.
Que bonito pensar que você está aqui comigo.
Que bonito quando você está falando e que bonito quando você cala sua boca.Que bonito sentir que você está aqui junto de mim, ai que bonito seria para voar.E ao seu lado eu poder cantar, como sempre, fizemos tanto.
Meu corpo não parou de notar 
Sua alma está sempre comigo,
E nunca vai se afastar.
Ai quão bonito o cabelo preto. 
Oh, quão bonito o seu corpo inteiro.
Eu amo o quão bonito é todo o seu ser. Se o seu ser quão seria bom para voar
E ao seu lado, eu a cantar. Como sempre fizemos nós dois
Meu corpo não parou de notar 
Sua alma está sempre comigo,
E nunca vai se afastar.
É bom quando deu um tapinha
Sua guitarra em minhas mãos
Que bom se sentir assim. Sempre assim, 
Ai, ai
Eu amo o quão bonito todo o teu ser

É seu ser      




- Me Diga Novamente - Madre Teresa de Calcutá

Madre Teresa de Calcutá cumprimenta uma mulher moribunda que foi levada ao hospital minutos antes.
Madre Teresa levanta o lençol que cobre a enferma e fica impressionada.
Se trata de uma mulher jovem, mas tão acabada que mais parece uma radiografia do que um ser humano.
Madre Teresa, mesmo sabendo que tudo era inútil, tenta reanimá-la com algum alimento e mil atenções.
A moribunda com olhos desorbitados e com voz apagada lhe pergunta:
- Porque fazes isso?
Teresa lhe responde:
PORQUE EU TE AMO.
Um flash de felicidade ilumina o rosto da moribunda, que lhe suplica:
Por Favor, me diga novamente.
EU TE AMO, repete Teresa.
A frágil mulher apertando as mãos de Madre Teresa entre as suas, a atrai enquanto a vida se vai, pouco a pouco.
Ela escuta uma e outra vez aquelas palavras, quem sabe a vida eterna.