Foto da capa

Foto da capa

- Boas Festas 2010/2011 - Passos e Mara

carrtão de natal 2010

Nosso vídeo de retrospectiva e anuncio de 2011, desejamos junto com os votos de Feliz Ano Novo, prestar a nossa homenagem a todos que torceram pelo nosso sucesso, que estiveram presentes em orações, em pensamentos e que acompanharam nossa trajetória até a cidade maravilhosa. Prestamos nossa homenagem ao povo carioca que assim como o Cristo Redentor, nos recebeu de braços abertos, numa demonstração de carinho, amizade e respeito. Um povo verdadeiramente feliz, na afirmação do poeta que diz: O Rio de Janeiro continua lindo... abençoado por Deus e bonito por natureza.

Tenham todos um Feliz Ano Novo, com paz, saúde, alegrias, comprometimento com Deus, com nosso próximo, com nossa família e com a Paz Universal.

Um fraterno abraço.

- Show com a Banda de Música da AD/1

NIterói-RJ – A Banda de Música da Artilharia Divisionária/1, apresenta um espetáculo imperdível no próximo dia 19 Dez 2010,

TMN OUT 2010 059

O Show desta Banda sob a Regência do Capitão Rubens Braga, apresentará musicas inesquecíveis que certamente fará o público presente emocionar-se.

Anote em sua agenda:

Música da Fortaleza de Santa Cruz
Quando: Domingo, dia 19 Dez, as 10:00 horas.
Local: Campo de São Bento – Bairro Icaraí – Niterói-RJ

cp rugeag

Traga a sua família e venha se divertir numa agradável manhã

em um ambiente bonito e seguro.

- Temotu Ativo no Fim do Ano 2010

Peter DG1FK e Sigi DK9FN vão curtir o Natal e as festas de fim de ano em Temotu entre 21 e 3 de janeiro/2011. Eles estarão QRV como H40FN (CW) e H40FK (PSK/RTTY).

Estão levando 2 IC7000, e Amplificador 500W para 160-10m (CW apenas). Antenas deltaloop para 160-40m, yagi para 30-10m. Eles não terão qualquer tipo de conexão com a Internet, portanto pedidos de QSY, mudança de modo ou skeds pelo DXCluster serão inúteis.

Veja o vídeo da última operação em Fevereiro de 2010:

Eles avisam que serão intolerante com a falta de disciplina: “Se acontecer o mesmo que ocorreu em fevereiro (…) nós vamos desligar o equipamento e curtir o Natal e as festas de fim de ano!”.

QSL via direta:
Hans Peter Galster
Postbox 1201
D- 63488 Seligenstadt
Germany

Enviado por PY3GAD - Fonte: http://www.dxbrasil.net/wp/artigo/temotu-ativo-no-fim-do-ano/

- Exército Brasileiro gerencia efetivo com BI

O Sistema Integrado de Gestão é utilizado para a racionalização de recursos e garantir que o militar certo esteja alocado no lugar certo.

2009 11 13 107Com o objetivo de integrar a sua base de dados para eliminar redundâncias e inconsistências relacionadas ao seu pessoal, o Exército Brasileiro implementou o Sistema Integrado de Gestão (SIG), que é um Sistema de Apoio à Decisão (SAD). O projeto, elaborado com base na plataforma de business intelligence da MicroStrategy, teve também como finalidade estabelecer uma visão corporativa das várias atividades da instituição.

De acordo com o General de Brigada Marconi dos Reis Bezerra, chefe do Centro de Desenvolvimento de Sistemas do Exército Brasileiro, o SIG possibilita um SAD à alta administração do Exército Brasileiro, aperfeiçoando a gestão por meio da integração dos sistemas corporativos informatizados de todas as áreas de atividades. Além do compartilhamento destas informações, propicia amplo cruzamento de dados para apoio à decisão do comandante e alta administração.

Com a ajuda do BI é possível identificar rapidamente o perfil de cada um dos militares e sua adequação, por exemplo, para atividade fim, atividade meio, missões no exterior, forças de paz, entre outros perfis. “Esse sistema é útil para a racionalização de recursos e garantir que o homem certo esteja alocado no lugar certo. Sempre é necessário fazer esse levantamento de informações, pois cada função exige um militar adequado”.

O Tenente Coronel Márcio de Carvalho Victorino, gerente técnico do SIG, complementa que o sistema é de extrema importância por possibilitar uma visão integrada do que acontece dentro do Exército e sumarizar dados de outros sistemas. “Além disso, temos o vocabulário controlado, tanto em nível técnico como de negócios, para que todos os usuários possam entender. Afinal, pessoas de diversas regiões trabalham na instituição”, ressalta.

O projeto começou a ser trabalhado por área de negócios até chegar em nível corporativo, além disso, deixou de ser apenas integração de dados para tornar-se mais analítico. O primeiro dashboard, por exemplo, foi desenvolvido para análise e controle de informações sobre o efetivo, como número de militares, sua distribuição, divisão do efetivo por gênero, distribuição por postos, pelo tipo de militar, por armas, entre outros. Esse painel permite ainda um mapeamento de quem está na atividade fim e quem está na atividade meio.

Segundo Victorino encontra-se em processo de validação no comando do Exército, entre outras questões, o que leva um militar a pedir reserva. “Existia disparidade em alguns dados e o BI nos dá a conclusão de forma muito mais rápida do que está fugindo do padrão e porque em determinado período tiveram mais pedidos de reserva. Isso é importante para podermos analisar nossos pontos fracos e assim, mudá-los. E principalmente, termos a preocupação de formar mais militares para substituir aqueles que pretendem pedir reserva”, afirma.

A plataforma MicroStrategy foi escolhida após uma pesquisa de mercado e do cumprimento de todos os trâmites legais de uma licitação pública. A decisão ocorreu não só pela ferramenta OLAP para atender às necessidades do SIG, mas também por apresentar a melhor relação custo benefício.

Sobre a MicroStrategy

Fundada em 1989, aMicroStrategy Inc é líder global em tecnologia de business intelligence (BI). A MicroStrategy disponibiliza software para relatórios integrados, dashboards, análises e monitoramento da performance corporativa, que auxiliam as organizações líderes de todo o mundo a tomarem melhores decisões de negócios, todos os dias. A escolha pela tecnologia MicroStrategy se dá por suas habilidades técnicas avançadas, capacidade de análise sofisticada e superior escalabilidade de dados e de usuários. Mais informações sobre a MicroStrategy (Nasdaq: MSTR) estão disponíveis no web site www.microstrategy.com.

MicroStrategy e MicroStrategy Business Intelligence são marcas registradas da MicroStrategy Incorporated nos Estados Unidos e em diversos países. Outros nomes de produtos e companhias mencionados aqui podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.

Fonte: http://www.tinews.com.br/news/2010/12/14/exercito-brasileiro-gerencia-efetivo-com-bi/
EPR Comunicação Corporativa
Ana Tarragó
Samanta Coelho

- Feira do Livro Espírita SEDiC/2010

Estimadas(os) amigas(os) de ideal:

Uma FEIRA DE LIVROS é sempre um ótimo acontecimento de divulgação cultural e em se tratando de LIVROS ESPÍRITAS, torna-se um evento IMPORTANTÍSSIMO!

Prorrogada por mais uma semana, portanto mais 7 dias para aproveitar esse verdadeiro FESTIVAL DE LIVROS. Venha ver novidades e promoções,  são mais de 3.300 títulos.

 

DE001FEIRA DO LIVRO ESPÍRITA SEDiC/2010

Local: CASA DA CULTURA (hall de entrada)

Praça Saldanha Marinho – Centro (ao lado do Banrisul)

SANTA MARIA - RS

Horário: 09.00 às 19.00 h (domingos: 14 às 19 h).

Período: 22 de novembro a 19 de dezembro de 2010

Descontos: 20, 25 e 30% + PROMOÇÕES ESPECIAIS

Realização: SEDiC (Inst. beneficente e sem fins lucrativos)

Rua Mal. Deodoro, 471 – Santa Maria – RS

Abraços cordiais, Antério

- Seminário de Bandas de Músicas

Profissão: Músico, da formação ao mercado de trabalho

Capacitação de Artistas, Técnicos e Produtores de Arte e Cultura

Programação:

Dia 15.12.10 – Abertura
18h30 - Apresentação da BANDA SANTA CECÍLIA
19h00 - Palestra 1 - Debate “OS DESAFIOS DA SOBREVIVÊNCIA DAS BANDAS DE  MÚSICA” – construindo um painel sob o olhar dos músicos, regentes e gestores acerca dos problemas, pontos fortes, fracos e permanência e sobrevivência das bandas….
PALESTRANTE: CHIQUINHO DE OLIVEIRA – do PROGRAMA JÔ SOARES

Dia 16.12.10
14h00 – Palestra 2 – AS NOVAS TECNOLOGIAS A SERVIÇO DAS BANDAS DE MÚSICA – linguagens acessíveis para os jovens, modernização da escrita musical,
PALESTRANTE: JANEO AMORIM - UFAL

Dia 17.12.10
14h00 – Palestra 3 – MERCADO DE TRABALHO X PERMANÊNCIA DOS MÚSICOS NAS BANDAS – banda não só como formação musical mas como riqueza cultural e elemento de transformação e desenvolvimento social.
PALESTRANTE: Maestro PEREIRA – Tatui - SP

Dia 18.12.10
14h00 – Palestra 4 – Elaboração de projetos e como captar recursos
PALESTRANTE: Rogério Carnasciali - PR

Do dia 16 a 19.12.10 - 8h às 12h – Oficinas
Nas sedes das Bandas Filarmônicas: SANTA CECÍLIA E CARLOS GOMES e no IFAL ( ex Escola Técnica)

OFICINA 1 – Técnicas para a improvisação musical (instrumentistas) – Maestro Almir Medeiros - AL
OFICINA 2 – Manutenção de Instrumentos (técnicos) – Daniel Tamborin - SP
OFICINA 3 – Arranjos para regentes de Bandas de Música / Escrita, Transposição – Antônio Carlos (Conservatório de Música de Tatui-SP)

Loca: Auditório do Espaço Cultural Santa Maria Magdalena da Alagoa do Sul

bndd34

- Projeto Curumim do 1º B Com.

Santo Ângelo-RS - Atualmente o 1º Batalhão de Comunicações (Santo Ângelo-RS) esta desenvolvendo um projeto de música clássica com crianças do seu projeto curumim (Pelotão Esperança). Tem como base o projeto similar da Orquestra Cidadã ( www.orquestracriancacidada.org.br/occ ) e como objetivo a participação das crianças executando Violinos e Flautas. O Projeto já adquiriu alguns instrumentos (violinos) e logo receberá mais algumas flautas.

Sobre a vocação regional das Missões noroeste do RS,  fontes históricas destacam que:

- As Missões tiveram a primeira orquestra sinfônica da América, onde os indígenas fabricavam instrumentos (violinos, cellos etc);

- A cidade de São Miguel das Missões da grande ênfase para a música, tendo trazido um dos três tenores mundiais (José Carreras) para apresentação juntamente com a OSPA aqui nas Ruínas Missioneiras, que representam o único Patrimônio Histórico Cultural do RS reconhecido pela ONU.

Já quanto as possibilidades institucionais também destaca que:

- O Exército abriu espaço e avançou fortemente ampliando a qualidade, a performance e a excelência do seu aspecto cultural, com espaço para os instrumentos de cordas. São exemplos a recente criação da Banda Sinfônica do Exército (cellos e violas), e o Projeto acima mencionado da Orquestra Cidadã, onde temos crianças carentes participantes de projeto cultural de inclusão social através da música dentro de uma Organização Militar como o 7º Depósito de Suprimentos do Exército (DSUP) no Recife.

A viabilidade para a implementação desse tipo de projeto é barrada por falta de especialistas do setor (Músicos - pedagogos). Segundo especialistas esse é o calcanhar de Aquiles do próprio MEC.
André Luis de Freitas é graduado em Tecnologia em Gestão Pública pela  Faculdade  Internacional  de  Curitiba. Sempre preocupado com a reciclagem e atualização participou no de 1996 dos Cursos de Invernos de Violino, na Universidade Estadual de Londrina. No ano de 2000 participou do curso de Pratica de Banda Sinfônica, na Universidade Federal do Paraná. Em ambos os cursos, obteve acesso a professores europeus e americanos absorvendo conhecimentos hoje prontos para repassar ao projeto.

Sobre a metodologia de ensino, emprega-se o método Suzuki que aborda pontos importantes da filosofia no que aborda:

- Participação dos pais no aprendizado;
- Meio ambiente musical favorável;
- Postura positiva dos pais e professores no aprendizado do aluno;
- Pais atuam como incentivadores;
- Não utilizar censura ou correção inoportuna;
- A busca da qualidade deve ser uma tônica para os alunos;
- Cooperação ao invés de competição;
- Respeito à individualidade de cada um;
- Repetição com constante avaliação crítica;
- Prática diária, em seções curtas, sempre com alegria;
- Repertório comum para facilitar a socialização;
- Caráter primeiro, habilidade depois.

A saber que o método Suzuki foi desenvolvido por Shinichi Suzuki, no Japão, pouco depois da Segunda Guerra Mundial. O método utiliza a educação musical para enriquecer e melhorar a vida de seus estudantes. O método é direcionado a crianças e consiste basicamente em brincadeiras, para que a criança se divirta enquanto aprende.

O princípio do método é centrado na criação do mesmo ambiente para aprender música que a criança tem para aprender a sua língua materna. O objetivo é tentar envolver o estudante com a música da mesma forma que ele se envolve com a linguagem quando está aprendendo a falar. O ambiente ideal para isso inclui amor, bons exemplos, elogios, e um determinado tempo de estudo, de acordo com o desenvolvimento do aluno.

A aprendizagem de um instrumento pode ser feita de múltiplas e variadas maneiras, tantas quantos os professores e alunos envolvidos num processo tão altamente personalizado. Vários pedagogos propuseram metodologias de ensino que vieram a inspirar um sem número de abordagens repensadas e aplicadas em função de diferentes realidades. Uma delas deriva do método concebido pelo pedagogo japonês S. Suzuki, que atribui um papel fundamental às aulas de conjunto e permite o início da aprendizagem desde muito cedo, podendo começar aos três anos de idade.

Esta metodologia desenvolve as capacidades visuais, auditivas e motoras, promovendo a auto-estima e o companheirismo entre alunos, pais e docentes. É hoje amplamente divulgada nos cinco continentes e consiste na aprendizagem do instrumento pela via da assimilação intuitiva, algo que se pretende semelhante à forma como todos nós nos familiarizamos desde tenra idade com a nossa língua-mãe. No seu todo, é um sistema em que os próprios pais assumem um papel determinante, já que participam ativamente em todo o processo; quer nas aulas, quer nas apresentações públicas. Assim, e tendo em consideração as experiências pedagógicas acumuladas nos últimos anos, não só no Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa como noutras escolas em Portugal e nos EUA, passou a funcionar na Metropolitana uma organização de estudos baseada nesta metodologia desde o ano letivo 1998/99, como alternativa ao método tradicional. Um projeto que beneficiou de uma remodelação a nível ideológico, estrutural e pedagógico no ano letivo de 2004/2005. Neste sistema, para além das aulas individuais semanais de 1 hora, os alunos freqüentam mensalmente duas aulas de conjunto que permitem preparar um vasto repertório musical e dar assim resposta a tantas e tão diversificadas solicitações para concertos.

É assumida uma vertente humana muito forte, sendo de realçar os diversos concertos de solidariedade freqüentemente realizados. Os professores do grupo, sob a orientação do Método Suzuki, valorizam e promovem um espírito de companheirismo entre alunos e famílias envolvidas. Crentes de que o ensino da música é fundamental no desenvolvimento intelectual, físico e cultural das crianças, é com todo o empenho que se dedicam a este projeto. 

Nas fotos do STen J.Mauro, registro da apresentação de final de ano da Banda de Música e do grupo de violinos do Projeto Curumim do 1º B Com.

violinos curmim 2010 J.Mauro  CURUMIM E BANDAJ.Mauro CURUMIM VIOLINOJ.Mauro

- Perdas

mindayr

     Mesmo guardando prudência e moderação, serás convocado ao aprendizado do desapego.
     Na condição de usufrutuário passageiro das bênçãos que te felicitam, não obterá certidão de posse sobre tais recursos.
     Não existem perdas reais no universo, porque nada pertence a ninguém.
     Quando a vida te convidar às necessárias renovações, ainda que sofras a dolorosa cirurgia do desprendimento, mantém-te no controle de ti mesmo.
     Hoje é o filho que muda amanhã um vínculo que parte, depois é um bem surrupiado, mais além um emprego que é retirado.
    Não são perdas, são mudanças.
    Guarda calma e equilíbrio para que entendas o “recado” de Deus a ti endereçado nas alterações que a existência te conclama.
  As dores das perdas são preciosos receituários contra as ilusões que carregamos.

Ermance Dufaux

“Mas ajuntai tesouros no céu...” - Mateus, 6:20

- 1º BG apóia o 1º Campeonato Nacional de Marcha Lenta para PHD's

Rio de Janeiro-RJ – O 1º BG (Batalhão de Guardas) recebeu na manhã do dia 28 Nov 2010 diversos motociclistas PHD’s. O objetivo, segundo as palavras de boas vindas do Sr. Ten Cel Alfredo de Andrade Bottino, Comandante do Batalhão do Imperador (nome histórico do 1º BG), foi de apoiar a organização do 1º Campeonato Nacional de Marcha Lenta, promovido por Black Hot-RJ.

Mais de 100 motociclistas proprietários de Haley Davidson estiveram prestigiando o evento. O Pelotão Águia, do 1º BG realizou a escolta dos participantes concentrados no Parque dos Patins (Lagoa Rodrigo de Freitas) para o Batalhão do Imperador localizado no bairro de São Cristóvão.

Após a apresentação de boas vindas do comandante, foi realizado o hasteamento do Pavilhão Nacional, ao som da banda de música daquela unidade.

Na seqüência das atividades, uma equipe do Pelotão Águia realizou show de manobras e técnicas recentemente estudadas num estágio junto a Haley Davidson EUA. Após os aplausos iniciaram as provas do campeonato divididas nas categorias: Touring, softail/RK, Sporstster/Dyna, Ladies e Absoluta.

Encerrando as atividades, foram entregues as premiações e brindes, e o comboio de PHD’s escoltados pelo Pelotão Águia partiu em direção ao aterro do Flamengo, junto ao Monumento dos Pracinhas para a realização da foto oficial do campeonato.

haley

Para visualizar as imagens deste evento, clique na foto acima ou acesse:

www.inema.com.br/albuns/0093605