Foto da capa

Foto da capa

- Miguel Proença faz em Tatuí homenagem a Chopin

X Miguel foto BETI NIEMEYER_326  credito solicitado copy O pianista Miguel Proença faz no próximo domingo, 24, no teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório de Tatuí, concerto especial em homenagem a Chopin, compositor que tem os 200 anos de seu nascimento celebrados em 2010. A apresentação, organizada dentro do projeto Piano Brasil VI, será às 18h, com ingressos vendidos a R$ 10 (R$ 5 meia entrada) na bilheteria do teatro, localizado à rua São Bento, 415.

O programa traz as obras “Polonaise Fantaisie em lá bemol maior Op. 61”, “Duas Valsas”, “Fantaisie Op. 49 em fá menor” e “Vinte e Quatro Prelúdios Op. 28”, de Chopin. O repertório inclui ainda “Valsa da Dor”, de Villa-Lobos.

A apresentação faz parte do projeto “Piano Brasil VI”, que já passou por mais de 70 cidades do país. Com mais de cem concertos realizados, o projeto é um dos mais longevos da música erudita brasileira. Neste ano, o recital vem sendo apresentado nas principais capitais brasileiras. Na região, somente as cidades de Salto e Tatuí receberam o concerto. O projeto conta com o patrocínio do Sesi Nacional, Randon, CEEE e apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura.

O Projeto Piano Brasil iniciou em 2005, quando esteve em 13 cidades brasileiras, com Miguel Proença fazendo os recitais de lançamento da coletânea “Piano Brasileiro”, editada pela gravadora Biscoito Fino. O sucesso da turnê levou a confirmação de mais concertos para os anos subseqüentes e, agora, o projeto chega ao seu sexto ano. Por conta do sucesso do projeto, o pianista recebeu diferentes prêmios.

Miguel Proença - Pianista de renome internacional, Miguel Proença nasceu em Quaraí, Rio Grande do Sul, e radicou-se no Rio de Janeiro. Já atuou em todos os Estados brasileiros e diversos países da Europa, Ásia e Américas, como camerista e solista. Como camerista fez duos com Salvatore Accardo, Jean-Pierre Rampal, Leonard Rose, Paul Tortelier, Arto Noras, Janos Starker, entre outros. Lançou inúmeros CDs de repertório internacional pelo Selo Vox Classics, Alemanha, com Sonatas de Schubert e Chopin. Pelo selo M.A Music International, lançou o CD Brazilian Impressions.

Foi diretor da Sala Cecília Meireles, da Escola de Música Villa-Lobos e Secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro. Recebeu em 1991 a Comenda da Ordem do Rio Branco no grau de Comendador por suas atividades no cenário musical brasileiro. Em 1989 e 1999, foi escolhido pela APCA (Associação dos Críticos de Arte de São Paulo), como Melhor Pianista do Ano. Foi diretor artístico do Teatro do SESI-RS, durante dez anos. Exerceu de 1997 a 2002, o cargo de professor convidado da Universidade de Música de Karlsruhe, Alemanha. Doutor em Música pela Escola Superior de Música de Hannover, faz parte do corpo docente do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Piano Brasil VI – Miguel Proença

Domingo, 24, 18h00

Teatro Procópio Ferreira

Rua São Bento, 415 – Centro – Tatuí-SP

Informações: 15 32058444 / www.conservatoriodetatui.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário