Foto da capa

Foto da capa

- Concerto Inaugural da Banda Filarmônica do Rio de Janeiro

A Banda Filarmônica foi fundada em 03 de Maio de 2010 por um grupo de músicos e apreciadores de música e das Bandas de Música, a Banda Filarmônica do Rio de Janeiro – BFRJ é um projeto que tem como objetivo principal a execução e apresentação da música para sopros, metais e percussão em seu mais alto nível.
A produção musical brasileira e internacional dos séculos XX e XXI para Banda Sinfônica forma a base do repertório do grupo que inclui, também, transcrições orquestrais e música popular, seja em sua formação principal, ou em grupos de câmara formados pelos músicos da BFRJ, como: Grupo de Metais, Grupo de Percussão, Quinteto de Metais, Quinteto de Sopros, Quarteto de Saxofones, Quarteto de Clarinetas e Quarteto de Trombones. É objetivo também da BFRJ estimular, no Brasil, a composição de obras para Banda Sinfônica e sopros e percussão em geral.
Formada por cerca de 60 músicos encontram-se, entre seus componentes, músicos profissionais de orquestras sinfônicas, professores universitários de música, instrumentistas com bacharelado em música ou em via de obtenção do diploma e alunos de nível avançado de sopros e percussão.
A Direção Artística da BFRJ está a cargo do Maestro Antonio Henrique Seixas que realizará, no ano de 2010, diversas estreias nacionais de obras brasileiras e internacionais para Banda Sinfônica em importantes espaços culturais da cidade e do estado.

frj

- Festival Raiz e Tradição

tornei

O Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí está com inscrições abertas para o “Raiz e Tradição”, uma das ações realizadas pelo Governo de São Paulo no Festival de MPB de Tatuí. As inscrições devem ser enviadas pela secretaria ou departamento de cultura de cada município do Estado de São Paulo até o dia 21 de outubro. Os vencedores receberão troféus e prêmios em dinheiro.

Realizado com apoio da Prefeitura de Tatuí por meio da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude, o evento acontecerá nos dias 7, 14 e 21 de novembro, sempre a partir das 16h, na Concha Acústica “Spartaco Rossi”. Serão duas fases distintas – duas semifinas e uma final -, com objetivos de proteger e difundir as manifestações da tradição, da memória e da diversidade cultural do interior paulista, em caráter competitivo.

O Festival Raiz e Tradição estimula a difusão do Cururu do Estado de São Paulo, visando a integração, intercâmbio e congraçamento entre os cururueiros, multiplicação do conhecimento, divulgação da cultura popular de raiz do Estado de São Paulo e do gênero como forma legítima de expressão da raiz da música brasileira, a ser preservada em nome das legítimas e ricas manifestações populares.

Cada município do Estado de São Paulo deverá ser representado na disputa por apenas uma dupla, escolhida a critério de sua Secretaria ou Departamento de Cultura. A comissão organizadora selecionará oito duplas que vão disputar, em dois grupos distintos, duas semifinais. Quatro duplas disputarão a final, no dia 21 de novembro. Em todas as etapas serão avaliados itens como “baixão (abertura)”, “interpretação”, “afinação”, “ritmo e entrosamento com o violeiro” e “presteza na resposta e na sequência do tema sorteado/ respeito ao tempo delimitado”.

As quatro duplas finalistas receberão ajuda de custo no valor de R$ 500 cada uma. A dupla campeã receberá prêmio de R$ 1.000. As que ficarem em segundo, terceiro e quarto lugares receberão, respectivamente, prêmios nos valores de R$ 800, R$ 600 e R$ 400. Todas as duplas receberão, ainda, troféus. Um troféu especial, nomeado “Noel Mathias” (cururueiro destacado falecido recentemente), será entregue a um destaque individual do evento.

Dividido em três atividades distintas, o Festival de MPB de Tatuí também contempla a valorização do cururu, manifestação folclórica bastante presente em São Paulo. Além do Raiz e Tradição – II Torneio Estadual Cururu Vivo, o Festival de MPB conta com o Certame da Canção e o Painel Instrumental.

Festival Raiz e Tradição – II Cururu Vivo

7, 14 e 21 de novembro

Inscrições gratuitas até 21/10

Informações: 15 3205-8444 / www.conservatoriodetatui.org.br/cururu

- Viagem

2010 07 04 079

O eixo do esquecimento segura a barra do dia.
O gesto e o sentimento girando na ventania.
Beijos de lua clara, grão de areia no sal.
E assim meu sonho viaja a espera do ato final.
O eixo do pensamento distante do que não vejo,
carente do que não sabe descrente do que não vejo.
O medo se agarra às pedras a procura de um caminho.
O espinho não fere a rosa nem foge a ave do ninho.
O eixo tosco da vida é que move a nossa coragem
e molda o nosso destino pelo prazer da viagem.
A névoa me acaricia e move a minha canoa.
O eixo da poesia me guia, é livre e voa.

Poesia da amiga Marília Abduani - www.mariliaabduani.blogspot.com