Foto da capa

Foto da capa

- Concerto da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí

 Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí (6) Três composições terão suas primeiras audições brasileira, latino-americana e mundial na próxima quinta-feira, 18, às 20h30, no teatro “Procópio Ferreira”. Elas serão apresentadas pela Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, um dos grupos artístico-pedagógicos do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí, mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, sob regência do maestro Dario Sotelo.

Esta será a primeira apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí no ano de 2010. A obra “Wild Nights!” – descrita pelo próprio compositor Frank Ticheli como uma “jornada alegre e colorida”, foi inspirada pelo poema homônimo de Emily Dickinson e será apresentada pela primeira vez por um grupo no país.

Outra estreia da noite, desta vez latino-americana, será “Mata Hari – Suíte Sinfônica”, do compositor inglês Nigel Clarke, considerado um dos principais criadores musicais do Reino Unido de sua geração. Em sua obra, ele toma como base a legendária figura de Mata Hari, considerada uma das mais enigmáticas espiãs do início do século XX e, que, ao ser fuzilada, decide não ter seus olhos tapados, insiste que queria estar olhando para todos até o final.

O concerto contará ainda com a primeira audição mundial da obra “Paisagens Imaginárias”, do compositor, arranjador e concertista Ricardo Simões – ele é formado em violino pela UFRJ e em arranjo e composição pela Berklee College of Music. Integrante do Conselho de Administração do Conservatório de Tatuí, Simões afirma que as “Paisagens Imaginárias” surgiram de uma série de idéias que envolviam texto e também se inter-relacionavam com as obras homônimas do pintor Guilherme de Farias em suas telas, nas quais ele retratava paisagens comuns transformadas em suas cores e formas. Simões escreveu a obra em 1999, tendo sido publicada em seu site na Sibelius Music em 2002 com algumas mudanças. De 2002 para cá as “Paisagens” se apresentam para ele “como uma obra viva e orgânica como nosso planeta e suas forças naturais, ao contrário da grande maioria de minhas obras que já surgem quase prontas e quase nunca passam por transformações”.

A noite contará ainda com apresentação das obras “O Sétimo Selo”, de William Francis McBeth, e “Variações sobre um tema de Robert Schumann – O Camponês Feliz”, do norte-americano Robert Jager.

“Ao realizar o concerto de estreia, a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí traz para este concerto o que será a tônica da temporada: a diversidade de idiomas musicais dentro do repertório para banda sinfônica. Pode-se afirmar que, hoje, a banda sinfônica é o conjunto sinfônico que mais motiva os compositores a escreverem novas composições. Um dos principais motivos é que estas obras, com certeza, serão tocadas mais de uma vez; além dos inúmeros consórcios de instituições de ensino musical que se juntam para encomendar obras a compositores reconhecidos”, afirmou o maestro Dario Sotelo.

BANDA SINFÔNICA DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ – Regencia Dario Sotelo

18 de março – 20h30 - Teatro Procópio Ferreira - Rua São Bento, 415 – Tatuí-SP

Ingressos: R$ 10 (R$ 5 idosos, estudantes e aposentados)

Informações: 15 32058444 – www.conservatoriodetatui.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário