Foto da capa

Foto da capa

- Onda de temporais é ameaça nesta semana

Santa Maria(RS) - O Sul do Brasil pode enfrentar uma onda de temporais entre segunda e quinta-feira. Um centro de baixa pressão se deslocar entre hoje e amanhã do Norte da Argentina para o Uruguai, onde deve se aprofundar. Ao se deslocar para o Atlântico, a baixa deve se aprofundar ainda mais em alto mar, convertendo-se em ciclone extratropical a Sudeste da Província de Buenos Aires.

post1901d

Hoje, o calor será muito intenso no Rio Grande do Sul, gerando condições favoráveis à ocorrência de chuva de verão localizada, ocasionalmente forte e acompanhada de temporais isolados, sobretudo nas Metades Oeste e Norte do Estado. Na próxima noite e madrugada, com a atuação do centro de baixa pressão, a instabilidade deve aumentar muito no Sudoeste do Estado (região entre Livramento e Uruguaiana) e na primeira metade da terça-feira tende a tomar conta do Uruguai com chuva forte a torrencial e temporais. No decorrer da terça, a chuva se espalha por grande parte do Rio Grande do Sul, podendo ser forte a intensa com chance de temporais com uma frente fria associada ao centro de baixa. Na quarta, a instabilidade vai atuar principalmente no Norte e no Nordeste do Estado, onde pode chover forte, com melhora a partir do interior. Também Santa Catarina e Paraná podem ter chuva forte e temporais, sobretudo na quarta e na quinta. Veja a evolução da chuva para as próximas 72 horas, com intervalos de 12 horas, projetada pelo modelo americano GFS.

post1901b 

A MetSul Meteorologia alerta para a possibilidade de volumes muito elevados de chuva nas próximas 48 a 72 horas, sobretudo nas Metades Sul e Oeste do Rio Grande do Sul, onde não podem ser descartados acumulados de 100 a 150 milímetros em algumas localidades, não se descartando volumes até superiores em alguns pontos. O modelo GFS não projeta chuva excessiva para o território uruguaio, mas acreditamos que no vizinho país existe potencial também para chuva forte a torrencial, sobretudo no Oeste, Centro e Norte do território uruguaio (Rio Negro, Paysandu, Salto, Artigas, Durazno, Tacuarembo, Rivera, Cerro Largo, Teinta y Tres) com volumes acima de 100 milímetros e que, em alguns pontos isolados, não se descarta possam ficar perto de 200 milímetros. Buenos Aires, Santa Fe, Entre Rios, Corrientes e Misiones também devem ter chuva forte e temporais. Veja a projeção de chuva das próximas 72 horas, segundo o modelo GFS.

post1901c 

A MetSul adverte ainda que as condições serão favoráveis à ocorrência de tempestades de vento e granizo, mas a maior preocupação é com a possibilidade de vento, uma vez que a frente fria deve se deslocar em uma atmosfera muito quente, instável e de baixa pressão. Não podem ser descartadas rajadas de vento de até 100 km/h ou mais em alguns pontos, capazes de provocar danos e transtornos.

Autor: Eugenio Hackbart
Publicado em 18/01/2010 10:56
GPD - GRUPO DE PREVENÇÃO DE DESASTRES (santa Maria-RS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário