Foto da capa

Foto da capa

- A gélida fronteira gaúcha

Uma nova e intensa massa de ar polar marítima avança pelo Leste da Argentina, sobre o Oceano Atlântico, começando a ingressar no Rio Grande do Sul. O núcleo mais gelado desta nova massa de ar polar vai desviar para Leste, mas derrubará ainda mais a temperatura no Rio Grande do Sul e Santa Catarina entre hoje e amanhã. No mesmo mapa, com a projeção de temperatura no nível de 850 hPa, observa-se que sobre o Brasil Central há muito ar quente e seco. As massas de ar frio e quente se encontram sobre São Paulo, mantendo forte instabilidade - inclusive com temporais mais típicos de verão - na região por vários dias consecutivos, uma "pseudo-ZCAS" de inverno.

29

O ingresso do reforço de ar polar prolonga a onda de frio e derrubou a temperatura, como era esperado, nesta quarta-feira na Metade Sul. Bagé, Jaguarão e Quaraí amanheceram com temperatura abaixo de zero. O frio aumentou também no Oeste e no Centro do Estado. Veja as mínimas registradas nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia.

Bagé

-2,0ºC

Chuí

0,7ºC

Quaraí

-1,5ºC

Santa Vitória do Palmar

1,2ºC

Jaguarão

-0,1ºC

Santa Maria

1,5ºC

Uruguaiana

0,2ºC

Pelotas

1,6ºC

Rio Grande

0,6ºC

Canguçu

2,5ºC

Alegrete

0,7ºC

Camaquã

2,6ºC

São Gabriel

0,8ºC

Rio Pardo

2,6ºC

A temperatura na madrugada de hoje chegou a 3,7ºC na estação do Sistema Metroclima em Belém Novo, zona Sul de Porto Alegre. Nas demais estações da rede do Metroclima as mínimas foram de 4,6ºC na Lomba do Pinheiro; 5,8ºC na Avenida Sertório (bairro São João); 6,9ºC no Menino Deus e 7,7ºC no Moinhos de Vento. A temperatura despencou na Capital durante a madrugada com a diminuição da nebulosidade e o ingresso de ar seco e frio associado a uma nova massa de ar polar que trouxe 2ºC abaixo de zero ao amanhecer para Bagé. Na Lomba do Pinheiro, a temperatura no primeiro minuto do dia era de 11,5ºC, tendo alcançado a mínima de 4,6ºC às 7h41m, uma queda de 6,9ºC na madrugada e ao amanhecer. Porto Alegre completou nesta quarta-feira uma semana de frio muito intenso. O ar gelado começou a ingressar na última quinta-feira com uma das mais intensas massas de ar polar a alcançar o Rio Grande do Sul nesta década. Na última quinta-feira (23/07), a mínima foi de 4,1ºC no final do dia. Na sexta-feira, no fim do período, os termômetros indicaram 0,9ºC na Lomba do Pinheiro. No sábado, a Capital teve o amanhecer mais frio no Jardim Botânico desde 1993, igualando o registro de 14 de julho de 2000 de 0,0ºC. Fez 1,1ºC abaixo de zero no Aeroporto Salgado Filho. Geou como há muito tempo não se via em grande parte da cidade. No domingo, a mínima chegou a 0,3ºC abaixo de zero em Belém Novo. Na segunda, a mínima na cidade chegou a 1,3ºC em Belém Novo. A mesma estação acusou 1,6ºC ontem e 3,7ºC no amanhecer de hoje. Nos últimos sete dias, portanto, a maior mínima em Porto Alegre foi justamente os 3,7ºC do amanhecer desta quarta-feira (29). As madrugada desta quinta e ainda da sexta reservam mais frio, o que fará com que Porto Alegre tenha nove dias seguidos com mínima abaixo dos 5ºC, o que constitui um fato notável na climatologia.

À medida que o reforço de ar polar ingressa no Rio Grande do Sul, o frio vai aumentar na Metade Norte. Nas localidades dos pontos mais altos do Estado, como a Serra, Planalto Médio e Alto Uruguai, onde tradicionalmente faz mais frio, as mínimas ocorrem hoje à noite com a temperatura despencando a partir do entardecer. O ar vai estar muito seco na próxima noite, favorecendo que grande parte do território gaúcho amanheça nesta quinta-feira com mínimas perto de 0ºC ou negativas, garantindo as condições ideais para geada generalizada e forte em muitos locais. Amanhã, mesmo com o sol, a temperatura não chega a se elevar muito e a tarde será amena com máximas perto de 15ºC na maioria das localidades. Na sexta, o ar frio já estará mais enfraquecido sobre o Estado, mas ainda estará muito seco sobre o Centro e o Sul do Estado, o que vai garantir mínimas novamente muito baixas nestas regiões. A MetSul trabalha com mínimas entre -1ºC e -3ºC nas próximas duas madrugadas na Campanha e na fronteira com o Uruguai. Na Grande Porto Alegre, pode fazer entre 0ºC e -2ºC na próxima noite enquanto em Porto Alegre a mínima amanhã pode cair a 1ºC ou 2ºC. Marcas negativas são esperadas também na Serra. Na sexta, a umidade volta a aumentar na Metade Norte, o que fará com que as mínimas voltem a se elevar nas áreas mais altas do Estado.

Autor: Eugenio Hackbart
Publicado em 29/07/2009

- Como falar sobre uso de álcool com seus filhos

O livreto, lançado em 2005 pelo Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA) tem como objetivo informar pais e educadores sobre as melhores formas de se comunicar com crianças e adolescentes sobre o uso de álcool nas faixas etárias de 8-11 anos, 12-14 anos, 15-16 anos e 17-18 anos.
O material traz ainda informações sobre os efeitos fisiológicos e psicológicos do álcool e as melhores formas de lidar com situações do cotidiano das crianças e adolescentes envolvendo o uso e o abuso de bebidas alcoólicas.
Para visualizar e fazer o download do livreto,
clique aqui

Distribuição em escolas

O livreto é distribuído em escolas da rede pública e privada de ensino de São Paulo. O projeto inclui palestras feitas por especialistas (psicólogos e psiquiatras) e tem o objetivo de alertar e auxiliar pais e educadores sobre como prevenir e falar sobre o uso de álcool com jovens e adolescentes.
O CISA recebe inscrições de escolas interessadas em desenvolver o projeto. Para mais informações mande um e-mail para
cisa@cisa.org. br ou ligue para 11-3842-3388.

Fonte: Grupo Edutran

- Curso de Socorro em Áreas Remotas SAR (Só para Mulheres)

Carga Horária: 80 h/a

Local: Rincão do Soturno – Itaara-RS

Data do Curso: 18,19 e 20 de setembro de 2009.

Investimento: R$ 200,00 av. ou 2 x de R$ 110,00 ou 3 x de R$ 80,00

Benefícios: Certificado, Brevê, Camiseta.

Insc. e Informações poderão ser feitas com:

EcoAdventure: Fone/Fax : 55 3222-5228 ou 55 9996-8205 c/ Luciano

ecoadventuresm@yahoo.com.br

www.ecoadventuresm.com.br

ATIVIDADES:

Durantes três dias em ambientes inóspitos:

Suporte Básico de Vida;

Orientação com carta e bússola;

Resgate em Áreas de Difícil Acesso;

Treking; Rapel;

Trabalhos com cordas.

EcoAdventure, uma empresa com responsabilidade técnica.

www.ecoadventuresm.com.br

eco2

- Tecelã

tecelã

- John P. Sousa - The Stars and Stripes forever (Bernstein)

John Philip Sousa (1854-1932)
The Stars and Stripes forever
American National March
New York Philharmonic Orchestra
Leonard Bernstein, conductor
Recorded at Royal Albert Hall, London, 1976

- Novas deliberações do CONTRAN

Deliberação 82 - Altera a Resolução nº 245, de 27 de julho de 2007, do CONTRAN, que dispõe sobre a instalação de equipamento obrigatório, denominado antifurto, nos veículos novos saídos de fábrica, nacionais e estrangeiros. Em vigor. Altera a Resolução Contran nº 245/07

Deliberação 83 - Estabelece o cronograma para a instalação do equipamento obrigatório definido na Resolução nº 245/2007, denominado antifurto, nos veículos novos, nacionais e importados. Em vigor. Revoga a Resolução Contran nº 295/08

Veja abaixo as deliberações:

Deliberação nº 82, de 22 de julho de 2009

Altera a Resolução nº 245, de 27 de julho de 2007, do CONTRAN, que dispõe sobre a instalação de equipamento obrigatório, denominado antifurto, nos veículos novos saídos de fábrica, nacionais e estrangeiros.
O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO, ad referendum do Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN, no uso das atribuições que lhe confere o art. 12, inciso I, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, e conforme o Decreto nº 4.711, de 29 de maio de 2003, que dispõe sobre a coordenação do Sistema Nacional de Trânsito, CONSIDERANDO o teor da decisão proferida pelo Juízo da 7ª Vara Federal da Seção Judiciária de São Paulo nos autos da ação civil pública nº. 2009.61.00.007033-0, CONSIDERANDO que para cumprimento desta decisão judicial é necessário realizar ajustes técnicos no equipamento antifurto de que trata a Resolução nº. 245, de 27 de julho de 2007, e CONSIDERANDO o que consta do processo administrativo nº.80000.006573/2009-22, resolve:
Art. 1º Alterar o disposto no § 1º do art. 1º e os arts. 3º, 4º e 5º da Resolução nº 245, de 27 de julho de 2007, que passam a vigorar com a seguinte redação:
Art. 1º §1° O equipamento antifurto deverá ser dotado de sistema que possibilite o bloqueio autônomo (local) e bloqueio remoto.
(...) Art. 3º. O equipamento antifurto e o sistema de localização deverão ser previamente homologados pela ANATEL, entidade responsável pela regulamentação do espectro de transmissão dos dados, e pelo DENATRAN.
Art. 4º. Caberá ao proprietário decidir sobre a aquisição da função de localização do veículo e posterior habilitação do equipamento junto aos prestadores de serviço de localização, definindo o tipo e a abrangência do mesmo.
Art. 5º. As informações sigilosas obtidas através da função de localização deverão ser preservadas, nos termos da Constituição Federal e das leis que regulamentam a matéria e serão disponibilizadas para o órgão gestor do Sistema Nacional de Prevenção, Fiscalização e Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas, criado pela Lei Complementar nº. 121, de 9 de fevereiro de 2006.
Art. 2°. Esta Deliberação entra em vigor na data de sua publicação.
ALFREDO PERES DA SILVA - Presidente do CONTRAN

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Deliberação nº 83, de 22 de julho de 2009

Estabelece o cronograma para a instalação do equipamento obrigatório definido na Resolução nº 245/2007, denominado antifurto, nos veículos novos, nacionais e importados.
O Presidente do CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO - CONTRAN, usando da competência que lhe confere o art. 12, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro - CTB, e conforme o disposto no Decreto nº 4.711, de 29 de maio de 2003, que trata da coordenação do Sistema Nacional de Trânsito - SNT;
Considerando o disposto no artigo 7º da Lei Complementar nº 121, de 09 de fevereiro de 2006, que deu competência ao CONTRAN para estabelecer os dispositivos antifurto obrigatórios e providenciar as alterações necessárias nos veículos novos, saídos de fábrica, produzidos no país ou no exterior, a serem licenciados no Brasil;
Considerando o disposto na Resolução nº 245, de 27 de julho de 2007, que definiu as características do equipamento antifurto, e a necessidade de programação das indústrias automotiva e de equipamentos, para fornecimento e instalação de forma progressiva;
Considerando que o disposto no § 4º do artigo 105 do CTB, que trata dos equipamentos obrigatórios, confere competência ao CONTRAN para estabelecer os prazos para o atendimento da obrigatoriedade; Considerando o resultado dos trabalhos dos Grupos Técnicos criados pelo DENATRAN com a participação da ANFAVEA, ABRACICLO, Operadoras de Telefonia Serviço Móvel Pessoal - SMP, Empresas de Monitoramento e Localização de Veículos, Empresas Fabricantes de SIM Cards e Empresas Fabricantes de Hardware;
Considerando o que consta do Processo nº 80000.016715/2009-60; resolve:
Art. 1°. Implantar a Operação Assistida, com início em 1° de agosto de 2009 e término em 31 de janeiro de 2010, com objetivo de validar o funcionamento de todo o sistema: Bloqueio Autônomo, Bloqueio Remoto e a Função de Localização.
Art. 2º. O DENATRAN criará um Grupo de Acompanhamento da Operação Assistida - GA -, composto por integrantes dos órgãos e entidades que participaram dos Grupos Técnicos criados para a implantação do sistema antifurto.
Art. 3°. Estabelecer o seguinte cronograma mensal para a instalação do dispositivo antifurto nos veículos novos produzidos e saídos de fábrica, nacionais e importados, a serem licenciados no país:
I - Nos automóveis, camionetas, caminhonetes e utilitários:
a) a partir de 1° de fevereiro de 2010, 20% (vinte por cento) da produção total destinada ao mercado interno;
b) a partir de 1º de julho de 2010, em 40% (quarenta por cento) da produção total destinada ao mercado interno;
c) a partir de 1° de outubro de 2010, em 100% (cem por cento) da produção total destinada ao mercado interno. II - Nos caminhões, ônibus e microônibus:
a) a partir de 1° de fevereiro de 2010, em 30% (trinta por cento) da produção total destinada ao mercado interno;
b) a partir de 1° de julho de 2010, em 60% (sessenta por cento) da produção total destinada ao mercado interno;
c) a partir de 1° de outubro de 2010, em 100% (cem por cento) da produção total destinada ao mercado interno.
III - Nos caminhões-tratores, reboques e semi-reboques a partir de 1° de dezembro de 2010, em 100% (cem por cento) da produção total destinada ao mercado interno.
IV - Nos ciclomotores, motonetas, motocicletas, triciclos e quadriciclos:
a) a partir de 1° fevereiro de 2010, em 15% (quinze por cento) por cento da produção total destinada ao mercado interno;
b) a partir de 1° agosto 2010, em 50% (cinqüenta por cento) da produção total destinada ao mercado interno;
c) a partir de 1° dezembro de 2010, em 100% (cem por cento) da produção total destinada ao mercado interno.
Parágrafo único. Para efeito de produção total, consideram-se os veículos produzidos no Brasil ou no exterior, destinados ao mercado interno.
Art. 4º. Aos aparelhos automotores destinados a puxar ou arrastar maquinaria de qualquer natureza ou executar trabalhos agrícolas e de construção ou de pavimentação e aos reboques e semireboques previstos na ABNT NBR N° 10966 Categorias 1 e 2, não se aplicam as disposições da Resolução nº 245/07.
Art. 5°. A instalação do dispositivo antifurto será feita:
I - na respectiva fábrica, nos veículos produzidos no País;
II - em local sob responsabilidade do fabricante do veículo ou do importador, nos veículos importados.
Art. 6º. Os fabricantes e os importadores dos veículos objeto desta Resolução deverão encaminhar ao CONTRAN, semestralmente, relatório demonstrativo do cumprimento do cronograma estabelecido.
Art. 7º. Fica revogada a Resolução CONTRAN nº 295, de 28 de outubro de 2008.
Art. 8º. Esta Deliberação entra em vigor na data de sua publicação.

ALFREDO PERES DA SILVA - Presidente do CONTRAN

- Onda de frio histórica no Rio Grande do Sul e Santa Catarina

aMuitos moradores do Sul da província de Buenos Aires amanheceram testemunhando um cenário que jamais tinham visto. A maior nevada desde 1965 na região trouxe até meio metro de neve. Crianças faziam guerra de bolas de gelo nas ruas de Bahia Blanca, onde a neve, segundo as autoridades, foi a maior em cinqüenta anos. Os maiores eventos de neve na região teriam ocorrido em 30 de agosto de 1869; em 1903; em agosto de 1913; em agosto de 1943; em junho de 1955 e em 9 de julho de 1965. A sensação térmica na cidade atingiu -18ºC.

Cenas de ruas, árvores e casas cobertas de branco se repetiram em vários outros pontos do país. A histórica nevada atingiu ainda as províncias de La Pampa, Córdoba, San Juan, San Luis e Mendoza. Muitos disseram jamais ter visto tanta neve em suas vidas. Em San Luis, a neve atingiu um metro em alguns pontos. Na província de Buenos Aires, o gelo sobre a pista obrigou o fechamento de algumas rodovias. O vento intenso carregava a neve e tornava a visibilidade quase nula, fenômeno chamado de blizzard na América do Norte.

2 A nevada que começou ainda nas primeiras do dia no Sul da Província avançou para o Norte durante o dia e à tarde estava já no Rio da Prata. No meio da tarde, moradores passaram a relatar neve misturada à chuva na Grande Buenos Aires. Logo após, em boletim, veio a confirmação da neve pelo Aeroporto Internacional de Ezeiza, onde seguia nevando no começo da noite. Apesar do Serviço Meteorológico Nacional da Argentina não ter confirmado neve na cidade de Buenos Aires, as rádios e emissoras de televisão receberam dezenas de relatos de vários pontos da Capital argentina sobre a queda de flocos de neve. O frio nas ruas portenhas era extremo com garoa, 4ºC e vento de 90 km/h ao fim da tarde. A ventania derrubou árvores e provocou falta de luz, afetando os serviços de trens. A cidade de Buenos Aires testemunhou em julho de 2007 uma grande nevada, a primeira desde 1918.

3

No outro lado do Rio da Prata, Montevidéu enfrentava no começo da noite de ontem 5ºC, chuva e rajadas de até 100 km/h (reprodução acima do El Observador). Árvores foram derrubadas pelo vento no bairro de Carrasco e outros pontos da cidade. Os portos de Montevidéu, La Paloma e Punta del Este foram fechados devido ao vento. Aulas foram suspensas em Maldonado e até jogos de futebol acabaram adiados pelo temporal de vento e frio. No fim da tarde, moradores de várias localidades do Sul uruguaio passaram a relatar chuva misturada à neve. Nevou também em Santiago do Chile, para onde a previsão de temperatura mínima hoje era de 5ºC abaixo de zero. O frio vai aumentar ainda mais de intensidade e pode voltar a nevar hoje no Leste da província de Buenos Aires e no Uruguai. A região de Buenos Aires e o Uruguai enfrentaram ontem uma tempestade de inverno semelhante a um Nor’easter, um centro de baixa pressão que traz frio intenso, vento acima de 100 km/h e neve para o Nordeste dos Estados Unidos quase todos os invernos.

O ar gelado já começou a ingressar no Rio Grande do Sul e a temperatura estava abaixo de zero no amanhecer desta quinta-feira na fronteira com o Uruguai com dois graus negativos em Santana do Livramento. O ar polar ganha mais força aqui no Estado nas próximas horas, quando a sensação térmica vai estar por demais baixa por efeito do vento com rajadas. A nebulosidade em muitas regiões tornará o dia ainda mais gelado, No final desta quinta-feira, antes mesmo da chegada da madrugada, já podem ser registrados valores de temperatura perto de 0ºC em muitos locais do Estado. Amanhã, o frio aumenta bastante e ainda vai ter vento, tornando o dia inteiro gelado. As máximas da sexta-feira devem ser muito baixas, semelhantes as da tarde do memorável 13 de julho de 2000, ficando abaixo de 10ºC em um grande número de municípios, mesmo com sol. Em Porto Alegre, na sexta, pode ficar apenas ao redor de 10ºC. As madrugadas de amanhã, sábado e do domingo devem ser congelantes no Rio Grande do Sul com marcas negativas generalizadas e que poderiam ser registradas até em Porto Alegre e no Litoral, onde raramente a temperatura cai abaixo de zero. A MetSul reitera que o frio será demais intenso exigirá atenção redobrada das autoridades com a população de rua porque o risco de hipotermia para pessoas desabrigadas será extremo. Há potencial de perdas na agricultura para culturas sensíveis à geada – que será forte a severa em caráter generalizado - e frio intenso nesta época do ano.

A previsão da MetSul Meteorologia indica que na Grande Porto Alegre, poderiam ser registradas mínimas entre -1ºC e -3ºC. Nos bairros mais frio da Capital, a temperatura ficaria entre -2ºC e 0ºC. Marcas de -4ºC a –5ºC, significativas até para a Serra, poderiam ser observadas na fronteira com o Uruguai e no Oeste, o que estaria perto de mínimas históricas, não se descartando marcas menores em baixadas das áreas de relevo da Metade Oeste (-6ºC a -7ºC). Nos Aparados, não podem descartadas marcas de -5ºC a -7ºC, podendo ficar entre -7ºC e 9ºC em áreas de baixada em que não há medição por equipamentos meteorológicos como o Vale da Truta em São José dos Ausentes. No Planalto Sul Catarinense, as mínimas podem ficar entre -9ºC e 11ºC nas baixadas e entre -5ºC e -8ºC na maioria dos pontos da região. A sensação térmica hoje e amanhã tanto nos Aparados como no Planalto Sul de Santa Catarina pode atingir valores de até 25ºC negativos, assim como em 12 e 13 de julho de 2000. O ar gelado trará frio muito intenso ainda para o restante de Santa Catarina, o Paraná e parte do Centro-Oeste, sobretudo no Mato Grosso do Sul. O ar gelado atingirá ainda com força o Paraguai e parte da Bolívia. Há possibilidade de friagem em alguns pontos do Norte do Brasil.

A esmagadora maioria das simulações computadorizadas segue sem indicar neve para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina entre hoje e amanhã. No começo da semana, porém, indicávamos que "dificilmente, se analisada a história, massas de ar polar tão intensas não trazem neve para o Sul do Brasil". É o que seguimos acreditando. Muito mais no dia de hoje. Conforme informado pela MetSul nesta quinta-feira no Correio do Povo, o ingresso do ar mais gelado entre hoje e amanhã se dá com aumento na quantidade de nuvens no Rio Grande do Sul e Santa Catarina e podem surgir condições ideais para o fenômeno. Havendo instabilidade, as condições estariam propícias até para neve em locais de menor altitude pouco acostumados ao fenômeno. Imagens de satélite mostravam nuvens avançando do Norte da Argentina para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina a ponto do radar meteorológico mostrar pela refletividade instabilidade fraca no Oeste gaúcho. A chance, contudo, existe, apesar de ser pequena.

O evento extremo de frio dos próximos dias foi antecedido por valores quase sempre negativos da Oscilação Antártica (AAO) nos últimos três meses e um brutal declínio da oscilação no fim de julho e no começo de julho, tendo alertado a MetSul os seus clientes ainda em 18 de junho último que o comportamento da Oscilação Antártica e da cobertura de gelo no pólo eram indicativos do risco de eventos extremos de frio neste inverno.  (Colaboraram Luiz Fernando Nachtigall e Alexandre Aguiar)

Autor: Eugenio Hackbart - Publicado em 23/07/2009 07:57

- Um dia...

1000imagens Um dia, tudo será saudade:
a dor silente e que não sangra,
não dói visível,
a ansiedade roendo as unhas da nossa serenidade,
a solidão, que emurchece o sol
e apaga as estrelas,
o sopro do vento , as infindáveis marés,
os rios de suores nossos de cada dia,
os espinhos de nossa inocência
e a desmedida frustração de não ter sonhado o bastante.
Um dia será lembrança o derradeiro inverno em nós.
Nascerá um tempo sem névoa,
apenas banhado de arco-íris.
Alma nova, sonhos aflorados,
plasmado em rima e pleno de canções.


                                                   Poesia de Marilia Abduani

- Sobre a GRIPE SUÍNA

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

PERGUNTA

RESPOSTA

1

Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?

Até 10 horas.

2

Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?

Torna o vírus inativo e o mata.

3

Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?

A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.

4

É fácil contagiar-se em aviões?

Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.

5

Como posso evitar contagiar-me?

Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6

Qual é o período de incubação do vírus?

Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.

7

Quando se deve começar a tomar o remédio?

Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%

8

De que forma o vírus entra no corpo?

Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.

9

O vírus é mortal?

Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.

10

Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?

Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

11

A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?

Não porque contém químicos e está clorada

12

O que faz o vírus quando provoca a morte?

Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.

13

Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?

Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.

14

Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?

De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno.

15

Onde encontra-se o vírus no ambiente?

Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o vírus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.

17

O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?

Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.

18

Qual é a população que está atacando este vírus?

De 20 a 50 anos de idade.

19

É útil a máscara para cobrir a boca?

Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.

20

Posso fazer exercício ao ar livre?

Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.

21

Serve para algo tomar Vitamina C?

Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22

Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?

A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.

23

O vírus se move?

Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.

24

Os mascotes contagiam o vírus?

Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.

25

Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?

Não.

26

Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?

As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico.

27

O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?

Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.

28

Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?

Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.

29

Serve para algo tomar antivirales antes dos sintomas?

Não serve para nada.

30

As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?

SIM.

31

Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?

NAO.

32

O que mata o vírus?

O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.

33

O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?

O isolamento.

34

O álcool em gel é efetivo?

SIM, muito efetivo.

35

Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?

Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.

36

Este vírus está sob controle?

Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

37

O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?

A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.

38

Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?

SIM.

39

As crianças com tosse e gripe têm influenza?

É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.

40

Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?

Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.

41

Posso me contagiar ao ar livre?

Se há pessoas infectadas e que tosam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.

42

Pode-se comer carne de porco?

SIM pode e não há nenhum risco de contágio.

43

Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?

Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

Enviado por  Lucio Flávio Pereira Adriano

- Reflexo

relfex 

Decorei a tua imagem
no escuro dos meus olhos.
E o teu reflexo ficou em mim,
nítido,
a colorir o meu arco-íris com as tintas da memória.
Além desse mesmo arco-íris,
a minha alma voa,
e cochila sobre estrelas.
Nem o vento sopra nesses instantes
em que o meu olhar
bebe a luz dos teus.
A vida se detém.
Dor nenhuma alcança.


Marilia Abduani

- Desejo

saudades%5B1%5D%20(2) 

Jamais calcularia que tinhas o sol nas mãos,
ou que teus olhos fossem vento
soprando tua claridade para acalmar
e diminuir toda tristeza.
Teu corpo, luz e emoção, adivinham madrugadas.
A estrela maior, que brilha em tuas mãos,
retrata uma calmaria que eu nem sei se tens ,mas que entregas
com cuidado, entregas.
Inclino-me sobre teus sonhos. Teus sonhos são caminhos
definitivos onde começa o desejo e explode o orgasmo.
Sei que a noite hoje é mais clara
e a manhã é como um campo onde vai chover.
No céu, pássaros anunciam o dia.
Eu sou só uma sombra ao redor de tua fortaleza.
É lição tua viver muito, sofrer pouco.
E assim em ti eu me debruço para entrar em teu corpo
intocável e secreto
onde começa o prazer através do calor silencioso.

Marilia Abduani

- Nunca subestime uma dançarina de 80 anos.

Nunca subestime uma garota de 80 anos de idade.
Isto mesmo, esta dançarina tem 80 anos. Uma sorridente senhora que dança com alegria. Um exemplo de qualidade de vida que devemos seguir e praticar.  É simplesmente incrível quando olhamos a beleza dos movimentos das pernas e da velocidade do jogo de cintura. Assista ao vídeo e nunca mais subestime uma dançaria com  80 anos de idade.

- Curso APH na Cia de Resgate

cia de resgate Santa Maria-RS - A Cia de Resgate esta com inscrições abertas para o  CURSO DE ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR que acontecerá nos dias  10, 11 E 12 de Julho na cidade de Santa Maria-RS, na escola Edson Figueiredo, proximidades do Supermercado BIG.
Investimento: R$ 150,0
0  AVISTA (estudantes 20 % de desconto no valor avista)
R$ 170,00 em 2 X C/CH
R$ 180,00 em 3 X C/CH
Benefícios: CERTIFICADO, APOSTILA,CANETA E CAMISETA.

Contato: EMPRESA CIA RESGATE.
Fone: 55 3025 2364/ CEL 55 9152 7882  /  55 9969 8004  (SANDRO)
CIA DE RESGATE: Rua Silva Jardim, 2170-sala 2 - Centro - Santa Maria-RS
E-mail: ciaderesgate@hotmail.com

- Samuel Rosa ensina a tocar "Sutilmente"

Na primeira vídeo-aula de Samuel Rosa, o vocalista do Skank ensina a tocar "Sutilmente", faixa de "Estandarte". De quebra, uma surpresa no final.

- Nova Carteira de Identidade

Vídeo do programa Olhar Digital sobre a mudança das carteiras de identidade no Brasil. Uma revolução tecnológica  de ponta que garante segurança e praticidade para o novo documento.

- As Forças do Amanhã

tristeza_imagem Ninguém vive só.
Nossa alma é sempre núcleo de influência para os demais.
Nossos atos possuem linguagem positiva.
Nossas palavras atuam à distância.
Achamo-nos magneticamente associados uns aos outros.
Ações e reações caracterizam-nos a marcha.
É preciso saber, portanto, que espécie de forças projetamos naqueles que nos cercam.
Nossa conduta é um livro aberto. Quantos de nossos gestos insignificantes alcançam o próximo, gerando inesperadas resoluções.
Quantas frases, aparentemente inexpressivas, arrojadas de nossa boca estabelecem grandes acontecimentos!...
Cada dia emitimos sugestões para o bem ou para o mal.
Dirigentes arrastam dirigidos.
Servos inspiram administradores.
Qual é o caminho que a nossa atitude está indicando?
Um pouco de fermento leveda a massa toda. Não dispomos de recursos para analisar a extensão de nossa influência, mas podemos examinar-lhe a qualidade essencial.
Acautele-te, pois, com o alimento invisível que forneces às vidas que te rodeiam.
Desdobra-se o destino em correntes de fluxo e refluxo. As forças que hoje se exteriorizam de nossa atividade voltarão ao centro de nossa atividade, amanhã.

EMMANUEL
(Do livro "Segue-me!" , Francisco Cândido Xavier, editora O Clarim)

Mensagem enviada pela amiga Janaína Marcon

- Emyllia Santos - Saxofone

Banda do 25º Batalhão de Caçadores - Teresina-PI

Apresentação realizada em Agosto de 2007.

Regência de Rocha Sousa

Solista: Emyllia Santos

Música: Saxofone Porque Choras

- Sobre o chimarrão ou mate

mate O chimarrão ou mate é uma bebida característica da cultura do sul da América do Sul, um hábito legado pelas culturas quíchua, aymará e guarani. Ainda hoje é hábito fortemente arraigado no Brasil (Mato Grosso do Sul,  Mato Grosso (Pantanal), Acre, Rondônia, Paraná, Santa Catarina e principalmente no Rio Grande do Sul), parte da Bolívia e Chile e em todo o Paraguai (que é tomado frio tudo o ano), Uruguai e a Argentina.

É composto por uma cuia, uma bomba, erva-mate e água.

Embora a acepção mate seja castelhana, é utilizada popularmente também no Rio Grande do Sul paralelamente com o termo "chimarrão".

Chimarrão (cimarrón em espanhol) também designa o gado que foge para o mato e torna-se selvagem.

catanduvas3 O chimarrão é montado com erva-mate, geralmente servido quente de uma infusão. Tem gosto que mistura doce e amargo, dependendo da qualidade da erva-mate, que, pronta para o uso, consiste em folhas e ramos finos (menos de 1,5 mm), secos e triturados, passados em peneira grossa, de cor verde, havendo uma grande variedade de tipos, uns mais finos outros mais encorpados, vendidos a diversos preços.

Um aparato fundamental para o chimarrão é a cuia, vasilha feita do fruto da cuieira, que pode ser simples ou mesmo ricamente lavrada e ornada em ouro, prata e outros metais, com a largura de uma boa caneca e a altura de um copo fundo, no formato de um seio de mulher. Há quem tome chimarrão em outros recipientes, mas a prática é geralmente mal vista.

O outro talher indispensável é a bomba ou bombilha, um canudo de cerca de 6 a 9 milímetros de diâmetro, normalmente feito em prata lavrada e muitas vezes ornado com pedras preciosas, de cerca de 25 centímetros de comprimento em cuja extremidade inferior há uma pequena peneira do tamanho de uma moeda e na extremidade superior uma piteira semelhante a usada para fumar, muitas vezes executada em bom ouro de lei.chimaecostelagorda

O chimarrão pode servir como "bebida comunitária", apesar de que alguns aficcionados o tomem durante todo o dia, mesmo a sós. Embora seja cotidiano o consumo doméstico, principalmente quando a família se reúne, é quase obrigatório quando chegam visitas ou hóspedes. Então assume-se um ar mais cerimonial, embora sem os rigores de cerimônias como a do chá japonês.

A água não pode estar em estado fervente, pois isso queima a erva e modifica seu gosto. Deve apenas esquentar o suficiente para "chiar" na chaleira. Enquanto a água esquenta, o dono (ou dona) da casa prepara o chimarrão.

Há quem diga que isto acaba estabelecendo a hierarquia social dos presentes, mas é unânime o entendimento de que tomar chimarrão é um ato amistoso e agregador entre os que o fazem, comparado muitas vezes com o costume do cachimbo da paz. Enquanto você passa o chimarrão para a próxima bebê-lo, ele vai ficando melhor. Isso é interpretado poeticamente como você desejar algo de bom para a pessoa ao lado e, consequentemente, às outras que também irão beber o chimarrão.chimarr%C3%A3o com fogo de ch%C3%A3o

Nesse cenário, o preparador é quem é visto mais altruisticamente. Além de prepará-lo para outras pessoas poderem apreciá-lo, é o primeiro a beber, em sinal de educação, já que o primeiro chimarrão é o mais amargo. Também é de praxe o preparador encher novamente a cuia com água quente (sobre a mesma erva-mate) antes de passar cuia para as mãos de outra pessoa (ou da pessoa mais proeminente presente), que depois de sugar toda a água, deve também renovar a água antes de passar a cuia ao próximo presente. Não se esqueça de tomar o chimarrão totalmente, fazendo a "cuia roncar". Se considera uma situação desagradável quando o chimarrão é passado adiante sem fazer roncá-lo. Então, um bom chimarrão a todos.

Fonte pesquisa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Chimarr%C3%A3o

- ATLAS Radioamateur

internet Ham AtlasAbra o link abaixo e navegue no mais completo atlas dos radioamadores.

http://www.hamatlas.eu/detail.php?id=214

Você vai encontrar informações necessárias para seus QSOs.

73/51 para todos.

PU3 GAP - Amilton Passos